COMO FAZER ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO

Adoração ao Santíssimo


Muitas pessoas acessam o site na esperança de encontrar orientações de como fazer as adorações. Por isso a partir desta postagem, quero ajudar dando uma contribuição através do site. Pretendo ir a cada mês colocando dicas e respondendo a possíveis dúvidas.

QUEM SOU EU??
Acredito que seja importante me apresentar: Sou padre Benedito Daniel Zanobia, da Diocese de Duque de Caxias , no estado do Rio de janeiro. Tenho 38 anos, nasci e morei até os 27 em Araras, SP e agora sou responsável pela Paróquia de São Sebastião, em Duque de Caxias. Tenho como compromisso com minha paróquia, estar com eles em adoração uma vez por mês, o que tem sido uma fonte de fortalecimento para meu sacerdócio e para a caminhada do povo de Deus.
Acredito que o primeiro passo é esclarecer do que exatamente iremos tratar, para que não pequemos por falta de informação, pois informação nunca é de mais. Neste site você encontra temas relacionados à adoração ao Santíssimo Sacramento, ou seja, o culto de adoração na presença real de Cristo no pão consagrado na santa Missa.

Bom, uma vez esclarecido isso podemos começar.
Existe um livro da Igreja que se dedica somente ao culto da eucaristia fora da missa, esse livro é: A Sagrada Comunhão e o Culto do Mistério Eucarístico Fora da Missa. (veja na foto 1).

Esse livro é um Ritual Romano e é da editora Paulus.

Adiquirir o Livro

Uma proposta é que os grupos que se dedicam ou pretendem se dedicarem a fazer as adorações estudem este ritual, principalmente a Introdução Geral e a Introdução dos capítulos. Esse livro que chamamos de ritual foi elaborado para que as igrejas possam normatizar sua forma de proceder em relação à eucaristia fora da missa. Não é de fácil entendimento para quem não entende de liturgia, por isso, seria de grande valia que esse estudo fosse feito com um padre, ou pessoa capacitada para o mesmo.

Neste Ritual não encontraremos como fazer as adorações passo a passo, mas é importante estudá-lo para estar mais bem esclarecido sobre o tema.

Gostaria de ressaltar que: algumas dioceses possuem suas próprias orientações sobre o mesmo assunto, isto é um direito do ordinário local (bispo), que junto com os responsáveis pela liturgia estabelecem suas próprias orientações. Exemplo: o ritual diz que o ministro extraordinário da comunhão pode expor a hóstia, abrindo o tabernáculo (sacrário), ou também, se for oportuno, colocando o cibório (âmbula) sobre o altar ou a hóstia no ostensório (página58-59); em alguns lugares não é permitido que o mesmo seja feito pelo ministro leigo na forma do ostensório.
Atenção: é importante que aquilo que seja decidido esteja de acordo com o pároco, pois este responde pela paróquia em relação à vida da igreja, a comunhão é valiosa e por isso é preciso respeitar e fazer todos os processos.

Tudo o que aqui apresentamos, deve passar pela reflexão da realidade pastoral de cada igreja. A forma em que fazemos, quer ser apenas uma partilha e não uma norma, pois do momento em que começamos em 2005 até agora, também corrigimos muita coisa e muitas outras serão continuamente avaliadas, para que sempre se faça o melhor.

O que colocamos no site a partir de hoje é fruto de um pedido de quem visita. Inicialmente o site foi criado apenas para difundir o culto a Eucaristia fora da missa, nas adorações, mas devido aos muitos pedidos começaremos a cada mês colocar novas postagens sobre como fazemos nossas adorações e esperamos que sirva como sinal de Deus na vida de muitas comunidades. Você agora já não está mais sem nenhuma orientação, o importante é perseverança e estudo, para assim as adorações serem realmente momentos dignos e respeitosos de encontro com Jesus Sacramentado.

Sacrário ou Tabernáculo

Sacrário ou Tabernáculo

Sacrário ou Tabernáculo

Sacrário ou Tabernáculo

 

Ostensório

Ostensório

 

a

cibório / âmbula